Portal do Governo Brasileiro

OK

21/10/2011
Câmara Temática da Transparência da Copa 2014 realiza 3ª Reunião

Acontece, na próxima segunda-feira (25), em Porto Alegre (RS), a 3ª Reunião da Câmara Temática da Transparência – Copa 2014, no Centro de Treinamento da Progers (rua Mário Totta, nº 64 – Tristeza). O objetivo da Câmara Temática é propor políticas públicas e soluções técnicas necessárias, exigentes e transparentes que garantam a formação de um legado alinhado aos interesses estratégicos do País a partir da realização do evento de 2014.

Neste encontro, os organizadores dividiram os trabalhos em três grupos temáticos. O primeiro irá discutir a interface entre os portais municipais e estaduais e o Portal da Transparência e implantação de portais locais; uso da internet para a transparência. Já o segundo, tem a finalidade de definir, pelos representantes da sociedade civil, as informações necessárias ao incremento do controle social. O terceiro e último grupo tem como meta determinar a abordagem que deve ser dada ao legado, principalmente no que diz respeito aos aspectos imateriais.

1ª e 2ª Reuniões


Em 18 de agosto, foi realizada a segunda reunião. Na oportunidade, especialistas do Ministério do Esporte, da CGU e da Advocacia-Geral da União (AGU) apresentaram trabalhos desenvolvidos em cada órgão para garantir o efetivo monitoramento e a correta execução dos projetos destinados à Copa do Mundo no B.

No segundo encontro, que aconteceu em 20 de agosto, os representantes das prefeituras das cidades-sede da competição e do Governo Federal vão participar para informar ao colegiado o que já estão fazendo no sentido de dar transparência pública aos investimentos relacionados ao torneio.

Programação da 3ª Reunião

9h – 9h30 -
Recepção e Café de boas-vindas

9h30 – 10h
- Abertura – inclusive com a instalação da Câmara Temática da Transparência - Local

10h – 11h
- Experiências Locais – Apresentações das Cidades-Sede

11h – 12h15
- preparação dos trabalhos dos grupos temáticos, quais sejam:

Grupo 1
- interface entre os portais municipais e estaduais e o Portal da Transparência e implantação de portais locais; uso da internet para a transparência;
Grupo 2 - definição pelos representantes da sociedade civil das informações necessárias ao incremento do controle social;
Grupo 3 - definição da abordagem que deve ser dada ao legado, principalmente no tocante ao legado imaterial.
- Um mediador deve escolher o relator para cada grupo
- O mediador deverá colher as manifestações da plateia, decorrentes das experiências e expectativas de cada estado. A intenção é sair com as diretrizes para os trabalhos de grupo
- O mediador divide os integrantes para o grupo de trabalho

12h15 – 13h45 - Pausa para Almoço

13h45 – 15h
- Trabalhos em grupo

15h – 16h
- Plenária

16h – 16h30
- Encaminhamentos

16h30 – 17h
- Café de Encerramento

Assessoria de Comunicação Social
Controladoria-Geral da União

voltar para o menu acessível