Portal do Governo Brasileiro

OK

18/08/2011
Câmara de Transparência da Copa 2014 inicia trabalhos

Logo após a instalação oficial da Câmara Temática de Transparência da Copa 2014, na manhã desta quinta-feira (18), em Brasília, os representantes do Ministério do Esporte, da Controladoria-Geral da União (CGU) e da Advocacia-Geral da União (AGU) apresentaram os trabalhos já desenvolvidos em cada órgão para garantir o efetivo monitoramento e a correta execução dos projetos destinados à realização do megaevento esportivo.

O assessor especial do Ministério do Esporte, Joel Benin, explicou o cronograma de atividades, as estruturas de governança, os ciclos de planejamento, o sistema de monitoramento gerencial e os impactos econômicos positivos (em infraestrutura, turismo, geração de empregos, consumo e tributos) que a Copa irá trazer para o País. No entanto, Benin destacou os benefícios intangíveis que serão alcançados, além da própria visibilidade internacional: “A realização dos jogos permitirá o aperfeiçoamento das instituições governamentais, promovendo o aprimoramento dos controles da gestão pública, a ampliação da integração entre as regiões do Brasil, e o fortalecimento da transparência e a democracia”.

Em seguida, Fátima Rezende, assessora da Secretaria Federal de Controle Interno (SFC) da CGU, apresentou, em detalhes, o Portal da Transparência Copa 2014, área do Portal da Transparência que torna pública as ações do Governo Federal relacionadas à Copa (www.transparencia.gov.br/copa2014). A página traz orçamentos, contratos, licitações e outros documentos que permitem o acompanhamento dos serviços contratados e também dos executados. O site abrange, ainda, as fontes de recursos das obras para estádios, mobilidade urbana, aeroportos e portos. A assessora explicou que o Portal é uma ferramenta que garante o acesso da sociedade às informações relativas aos investimentos públicos necessários para a realização do megaevento: “Nosso objetivo é tornar os dados transparentes, a partir da interlocução com o Ministério do Esporte, que é o responsável pelo envio dos arquivos. Os resultados alcançados são muito importantes para a consolidação do controle social”.

A representante da AGU, Tereza Melo, informou que o órgão tem um trabalho preventivo na formulação das políticas públicas voltadas à Copa. Ela explicou que a Advocacia-Geral tem como uma das principais ações evitar o surgimento de problemas ligados às obras, como, por exemplo, embargos judiciais.

O objetivo da Câmara Temática é propor políticas públicas e soluções técnicas necessárias, exigentes e transparentes, que garantam a formação de um legado alinhado aos interesses estratégicos do País a partir da realização exitosa da Copa do Mundo de 2014.

 

Assessoria de Comunicação Social
Controladoria-Geral da União

voltar para o menu acessível