Portal do Governo Brasileiro

OK

23/12/2010
Brasil é membro fundador da Academia Anticorrupção

O Brasil, por meio de seu embaixador em Viena (Áustria), Júlio Cezar Zelner Gonçalves, assinou ontem (22) o acordo de criação da Academia Internacional Anticorrupção (IACA), uma organização internacional de iniciativa do governo da Áustria, com o apoio do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e reconhecida pela Assembléia Geral da ONU.

A Academia foi criada visando à construção de conhecimento e aperfeiçoamento de capacidades daqueles que trabalham diretamente na luta contra a corrupção, criando especialistas nessa área, em todo o mundo, por meio da adoção de uma abordagem multidisciplinar da matéria. A IACA vai oferecer cursos para formar profissionais anticorrupção, além de uma plataforma para o diálogo direto e via internet entre os profissionais de diversos países.

Além disso, a Academia poderá complementar a assistência técnica fornecida pelo UNODC para a implementação da Convenção da ONU contra a Corrupção. Por ter assinado o acordo antes do final deste ano, o Brasil passa a ser considerado membro fundador da IACA, o que permite participar da Assembléia de Partes, órgão máximo de direção da organização.

A CGU considerou a criação da Academia uma iniciativa de grande importância. “A abordagem interdisciplinar e a criação de cursos para profissionais certamente serão instrumentos valiosos para a formação de especialistas anticorrupção, e não apenas de teóricos na matéria”, comemora o Ministro-Chefe (interino) da CGU, Luiz Navarro.

 

Assessoria de Comunicação Social
Controladoria-Geral da União

voltar para o menu acessível